Un blog de viajes - Travellerspoint

Rumo à Patagônia

Chegando no Fim do Mundo

rain 15 °C
Ver Patagônia 2009 en el mapa de Herr Hackl.

Dia 01 de março

Nosso vôo saía de Guarulhos às 10:00 hrs da noite. Comprei pela LAN mas aqui no Brasil quem opera é a TAM, até aí tudo bem. No check-in uma confusão danada, a atendente parecia que não sabia onde ficava Ushuaia, me perguntou se era na Austrália! Educadamente esclareci que era na Argentina, rs. Uma vez em Ezeiza deveríamos nos dirigir de madrugada para o Aeroparque para realizar o trecho doméstico pela LAN. No despacho das bagagens questionei a atendente se era necessário pegar as bagagens e levar o Aeroparque. Parece meio óbvio que já que você vai trocar de aeroporto você também precisa levar as bagagens consigo e então realizar um novo despacho no Aeroparque. Mas como as malas foram com etiquetas com o código de Ushuaia achei melhor perguntar.

Para minha surpresa a atendente me respondeu que não era necessário retirar minha bagagem em Ezeiza, mesmo trocando de aeroporto, apenas no meu destino final, já que seria uma espécie de conexão. Achei fantástico, afinal não iria precisar carregar duas malas a mais por aí no transfer de aeroporto. Embarcamos tranquilamente e o vôo partiu pontualmente (acho que foi a primeira vez que isso aconteceu comigo, nunca embarquei em um vôo que saiu no horário certinho do cartão de embarque). A chegada em Buenos Aires foi complicada por causa das fortes turbulências e da chuva que caía de madrugada na capital portenha.

Chegando em Ezeiza me bateu aquele minuto de lucidez e perguntei a mim mesmo: “Como pode a minha bagagem ser direcionada para um outro aeroporto no meio da madrugada?” Seria muita eficiência das empresas aéreas... por desencargo fui até a esteira, só para me certificar. E olhem só... lá estavam nossas duas malas aguardando a sua retirada... perguntei para um funcionário argentino da TAM se alguém iria pegar e levar para o Aeroporque e ele me respondeu que não... deveria retirar e depois despachar no próximo check-in..... imagina eu chegando no fim do mundo, detalhe, sem nenhuma blusa ou agasalho, pois estavam todos nas malas despachadas, sem as minhas mochilas? Com certeza seria uma experiência muito frustrante.

De posse das nossas bagagens encontramos uma brasileira que estava indo para El Calafate e depois para Torres del Paine, para fazer o W. Seu nome era Ana Cecília e ela realmente estava com muita coragem, pois não tinha reservado praticamente nada, estava indo na cara na coragem e com a mochila nas costas, sensacional, rs. Rachamos um remis (espécie de taxi privado) até o Aeroparque, de onde iríamos pegar o mesmo vôo.

No caminho convesamos bastante, inclusive com os taxistas, tem alguns argentinos que são muito gente boa, esse em especial era gente fina, e como demos trela para ele a conversa foi longe, rs.
A Ana desceu em El Calafate e nós prosseguimos até Ushuaia.

Rumo_a_Patag_nia_011.jpg

Vôo TAM São Paulo – Buenos Aires:
De 0 a 5 nota 3 pelo vacilo da atendente do check-in que me avisou que só iria retirar minhas mochilas em Ushuaia.

Transfer Ezeiza – Aeroparque, empresa Transfer Express:
Nota 5 pela facilidade do pagamento (Cartão), pela rapidez e pela simpatia do motorista.

Câmbio no Banco de La Nación:
Sem sombra de dúvida a melhor cotação Real – Peso disponível na Argentina. O atendente ainda foi super gente fica e me deu um folheto explicativo sobre as notas falsas em circulação na Argentina, além de alguns conselhos para evitar esse tipo de aborrecimento, nota 5 também.

Publicado por Herr Hackl 14.03.2009 7:30 Publicado en Argentina Tagged air_travel

CompartirFacebookStumbleUponRedditDel.icio.usIloho

Índice de materias

Añadir el primero comentario

Éste blog necesita que estás miembro de Travellerspoint para añadir un comentario.

Inicia sesión en Travellerspoint con tu login

( ¿Qué es esto? )

Si usted no es un miembro de Travellerspoint? Regístrate ahora gratis.

Regístrate en Travellerspoint